top of page
  • amigosdabolaecia

BIOGRAFIA - PROFESSOR DOUTOR HILÁRIO MALDONADO




O ETERNO PAPA DA ORTOPEDIA


Nascido em Pederneiras em 01 de maio de 1928. Faleceu em Marília, em 10/09/2013, aos 85 anos. Filho de Maximino Maldonado e Helena Copedê. Casado com Ida Júlia Cabrini Maldonado. Pai de Hilário Maldonado Jr (falecido em set/2008) e Flávio Maldonado (ortopedista). Avô de João Victor, João Pedro e Flávio. Formado em 1954 no Curso de Medicina pela Universidade do Paraná, em Curitiba. Em 1962 fundou, organizou e instalou o Serviço de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de Marília e, em 1964, o Serviço de Fisioterapia da Entidade. Anos mais tarde fundou, organizou e instalou os mesmos Serviços (Ortopedia e Traumatologia / Fisioterapia) na FAMEMA (Unidade I - Hospital das Clínicas), no Hospital Marília (hoje Unidade II da FAMEMA – MaternoInfantil) e no Hospital São Francisco (hoje Unidade III da FAMEMA). Foi também o responsável pela fundação, organização e instalação do Serviço de Fisioterapia da UNIMAR, um dos mais completos Serviços no interior do Estado. Em 1967, quando da instalação da FAMEMA, foi professor assistente de Anatomia no tópico osteologia. Foi professor no setor de Enfermagem Ortopédica na Escola de Enfermagem da Santa Casa, sendo patrono e paraninfo de turmas. Em 1968, organizou e presidiu a 7ª Jornada de Ortopedia e Traumatologia do Estado de São Paulo no Tênis Clube de Marília. Em 1969 passa 6 meses em Florença (Itália) em curso na Clínica Ortopédica dell’Universitá e, logo após, retorna à Itália para mais dois meses de Curso de Cirurgia Ortopédica no Instituto Risolli de Ortopedia, na cidade de Bologna. Recebe o título de Doutor em Ortopedia e Traumatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1972, com o tema “Fratura Supracondiliana do Úmero na Criança – Estudo de 600 Casos” (tese com maior casuística MUNDIAL sobre Fratura Supracondiliana, até hoje). Em 1974 recebe o parecer do Conselho Estadual de Educação e toma posse da Cadeira de Clínica Cirúrgica do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina de Marília, como Professor Titular. Em 1979, organizou e presidiu a 2ª Jornada Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé, tendo como convidado o Presidente da Sociedade Internacional de Medicina e Cirurgia do Pé. Como tesoureiro, integrando a diretoria da Associação Médica de Marília (AMM), ajudou a construir e instalar a atual sede da Associação Paulista de Medicina de Marília (APM). Em 1995 recebe da Câmara Municipal de Marília o título de Cidadão Mariliense pelos relevantes serviços prestados à comunidade. Foi membro de diversas sociedades médicas e científicas nacionais e internacionais. Participou de centenas de congressos, simpósios, jornadas, encontros e cursos, entre eles, em 1990, curso com o Prof. Dr. Ilizarov em Kurgan (Sibéria), Rússia. Em 1996, durante a realização do Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, em cerimônia no Teatro Guaíra de Curitiba, foi homenageado como “Modelo Ideal de Congressista”, um exemplo a ser seguido pelos jovens médicos: quando não estava na tribuna apresentando seus trabalhos, estava sentado nas 3 primeiras fileiras da plateia, aprendendo e participando. Em seus 59 anos de profissão, atendeu em sua clínica particular cerca de 60.000 pacientes, além de outros milhares atendidos gratuitamente no Ambulatório de Ortopedia da Santa Casa de Marília. Por ocasião de seu retorno da Itália, em 1969, foi homenageado com um belo poema, escrito pelo saudoso Dr. Romeu Ferraz, a pedido dos estudantes da Faculdade de Medicina de Marília.

 

Volta ao Lar – Dr. Hilário Maldonado


 "Abrem-se flores de manhã mais belas!

Parece que há bandeiras nas janelas...

Hoje que voltas ao Torrão glorioso,

Toda a cidade amanheceu festiva.

Foste colega bom, bom pai e esposo,

E o povo quer que teu renome viva!

Lições ouviste na imortal Florença,

Seja bendito o cérebro que pensa!

Estudando a “coluna vertebral”

Voltas modesto à vida de hospital.

Anotaste as lições como o estudante

E vens do Velho Mundo triunfante!

Herói que enfrenta sem temor a lida!

Tua saudade foi demais sentida

Da Ortopedia professor emérito,

Aceita nossas flores! Honra ao mérito.

Salve Hilário, cientista benfeitor

Que atende aos pobrezinhos por amor!

Dr. Romeu Ferraz


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page